A difícil tarefa de chegar no horário

A difícil tarefa de chegar no horário

Acordei cedo, mesmo sem o despertador, porque não gosto de chegar atrasado nos compromissos. “10h da manhã, vou conseguir chegar no horário”, pensa ele. Não que chegar atrasado tenha grandes consequências, mas é questão de honra chegar em algum lugar na hora marcada.

Partindo da crença popular de que o homem se arruma rápido, o que no meu caso é totalmente verídico, em questão de minutos está tudo pronto. Banho tomado, dente escovado, cama arrumada, chave do carro e a mochila do material em cima da mesa.

Agora começa a aventura. Acordar duas crianças no sábado de manhã, depois de terem passado a noite assistindo televisão. Diego nem se mexe. Mariana quase se mexeu, mas desistiu. E agora? Empurra, chama, pede, clama, implora. Nada. E o relógio lá, contando as horas.

Puxa o cobertor de um, pega a outra no colo (arrebenta com a coluna) e, devagar, os olhos se abrem. Agora é fácil. Só dar banho, vestir roupa, pentear o cabelo, café da manhã e chego no horário. Nada mais ilusório. Incrível como a teoria e prática não se encontram quando se trata de crianças.

Banho da Mariana. A receita é simples: liga o chuveiro, molha, sabão + esponja + espuma, toalha, veste a roupa. 10 minutos. Acabou? Tá bom, vai pensando. Creme para pentear, enquanto penteio, ouço as reclamações:
– Tá doendo meu cabelo!
– Filha, cabelo não dói.
– Tá sim.
– Ok, vou pentear mais devagar (mais 10 minutos, e o relógio…).

Enquanto isso eu ouço o outro tomando banho. Depois de terminar de arrumá-la, vou vê-lo e descubro que está brincando na banheira.
– Filho, eu pedi para você tomar banho rápido.
– Tá bom, pai. Já estou saindo.

Consigo terminar de arrumar Mariana. Agora é fácil, Diego já deve estar pronto. Não, na verdade ele estava brincando na banheira esse tempo todo, nem tinha tocado no sabonete.

Café da manhã. Teoria: levar na padaria que fica embaixo da minha casa, pedir alguns pães e leite, pagar e sair. Acontece exatamente assim, mas será normal demorar 30 minutos para comer um pão e tomar um copo de leite? Com duas crianças sim. Ao menos com duas crianças e um pai solo.

As mães que conseguem fazer isso de forma organizada e sequencial estão de parabéns. Aliás, todas devem conseguir.

10:15 entro no carro. 10:25 chego na escola de desenho do Diego. Mas da próxima vez eu consigo chegar no horário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *